segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Lendas e Mitos IV

Ano do Dragão

Hoje inicia o Ano Novo Chinês e pela astrologia milenar oriental, trata-se do Ano do Dragão, que dura de 23 de janeiro e termina no dia 9 de fevereiro de 2013.

O Novo Ano é considerado do Dragão por causa do horóscopo chinês, um dos mais antigos do mundo, que de acordo com seu calentário seria regido por um animal distinto e cujas características influência cada ano.

Os animais em questão são 12 (Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cão e Porco), os quais foram os únicos a comparecer ao grande banquete realizado por Buda. Por isso, como agradecimento, Buda teria retribuído a gentileza dando a cada um deles, um ano para reger.

Segundo os chineses, em um ano do Dragão, o Céu e a Terra estão em equilíbrio e o fato inspira sucesso caso a determinação, ousadia e empenho seja aplicado em um projeto. Um ano bom para negócios, que poderão ser gerados ou obtidos com maior facilidade.

No entanto, a lenda envolvendo a criatura mitológia, indica que em um Ano do Dragão, deve-se moderar o entusiasmo, pois o Dragão distribui sorte indiscriminadamente. Em resumo, tanto o sucesso, como as falhas serão ampliados da mesma maneira e assim os desastres serão tão grandiosos quanto as fortunas.

Este será um ano marcado por muitas surpresas, como por atos violentos, pois os ânimos se aquecem, como Fogo de Dragão e as pessoas ficam mais sujeitas à brigas e discussões.

As paixões serão difíceis de serem controladas e atmosfera criada por influência do Dragão afetará o indivíduo e o coletivo.

Os Dragões são criaturas presentes na mitologia dos mais diversos povos e civilizações pelo mundo. São representados como animais de grandes dimensões, normalmente de aspecto reptiliano (semelhantes a imensos lagartos ou serpentes), muitas vezes com asas, plumas, poderes mágicos ou hálito de fogo.

Os primeiros dragões mitológicos eram descritos em forma de quiméricas, mas sua aparência varia muito do oriente para o ocidente. São considerados as primeiras manifestações culturais ou mito criados pela humanidade e mesmo que os Dragões europeus sejam os com maior destaque, a lenda dos chineses é bem mais antiga. No entanto, não se sabe se uma influênciou a outra, já que ambos possuem características bem peculiares. Além disso, enquanto na China dão atributos divinos aos seus dragões, na Europa eles sempre foram vistos como seres demoníacos e que deviam ser exterminados.

Pesquisa:
Anny Lucard

Nenhum comentário:

Postar um comentário