quarta-feira, 30 de março de 2016

#SupergirlXTheFlash

Enquanto muita gente está falando de 'Batman Vs Superman' nos cinemas, aqui no Contos Sobrenaturais vamos ao fantástico e sobrenatural encontro de Supergirl e Flash, num episódio especial da série 'Supergirl', com a participação do mais amado de Central City, o Flash.


Com um roteiro muito bem escrito, cheio de referências, que mesmo se tratando de um universo paralelo não deixa ninguém perdido na história, "Worlds Finest" é o 18º episódio da temporada de estreia de 'Supergirl' e também uma clara referências as antigas revistas em quadrinhos de mesmo nome, onde haviam histórias reunindo personagens de várias outras HQs da DC, como Batman e Robin, Superman, entre outros.

Passada em National City, cidade da Supergirl, em uma Terra 3 para Barry Allen, o episódio reuni aliens e mitologia irlandesas (dando a série o conteúdo sobrenatural, para está aqui no Blog).

Enquanto Kara está deprimida por causa de seu comportamento por conta da "Red Kara" (um tipo de versão dark da super heroína, sob influência de kryptonita vermelha), Cat Grant é novamente ameaçada, e Kara por tabela, por outra de suas inimigas... Que não são poucas, sem contar o time masculino, já que a dona da CatCo tem um talento único para fazer inimizade.

Dessa vez é a recém demitida funcionada da CatCo, Siobhan, que antes de tentar matar sua ex chefe, tenta matar Kara, por culpá-la da demissão.

No mesmo momento que Kara é jogada pela janela por Siobhan, desorientada por um grito dado pela ex secretária de Cat, ensurdecedor no melhor estilo Canário Negro; Barry "Flash" Allen chega a dimensão da Supergirl e salva Kara de ter sua identidade secreta revelada. Muito sem querer, pois ele nem sabe como chegou ali.

Após perceber que está na "Terra Errada", Barry é levado por Kara a "fortaleza não tão da solidão" na CatCo. (Sala vazia que tem fama de ser "amaldiçoada", de acordo com os funcionários, que ela e sua scooby gang usam com QG. Sim, Supergirl, assim como Flash, tem uma gang.)

Enquanto está na "Terra 3", Barry descobre que há uma Central City naquele universo paralelo, infelizmente sem um Cisco, ou um Wells, ou mesmo uma versão dele alternativo que possa ajudar a descobrir como chegou lá e como poderá voltar a sua Terra.

Então ele se junta com Supergirl e Winn, para tentar descobrir como voltar a sua Central City na Terra 1. (Mais com o Winn, que é tão inteligente quanto ele.)

Enquanto isso, Siobhan descobre que é um tipo de meta-humana, versão fada sinistra irlandesa, conhecida por sua família como Banshee. Vale dizer que de acordo com a lenda, uma Banshee é um tipo de "fada", mas em forma de uma mulher. Essa fada tem um lado dark, pois ela é um tipo de mensageira da morte, já que reza a lenda que se alguém ouve o grito de uma, quer dizer que sua vida está chegando ao fim.

Como não conseguir matar sozinha nem Kara, muito menos a dona da CatCo Worldwide Media, Siobhan decide se juntar a Livewire, que também quer matar Cat Grant, para juntas matarem a inimiga em comum, junto com Kara e aquela que protege as duas, a Supergirl.

Sem conseguir dar conta das duas, Supergirl aproveita que o Flash está na cidade e pede ajuda dele, o que inicialmente não dá muito certo. Isso porque enquanto Barry é muito organizado e gosta de fazer planos, Kara é mais o tipo partir para pancada. Quem vai ganhar... Cérebro ou Músculos?

Piadas infames a parte, é um ótimo episódio que deixa claro que não importa gastos em efeitos especiais, nada melhor que bons roteiros e atores perfeitos nos papéis para uma história alcançar o sucesso. Isso faz com que também fique evidente na série da prima do Superman, que tem personagem que realmente faz falta em 'Supergirl' e precisa retornar a Nacional City. Enquanto outros deviam voltar para Metrópolis e não voltar nunca mais.

Já o Flash, fica a torcida que ele consiga "errar a Terra novamente", pois junto com a Supergirl formaram uma ótima dupla de super heróis.


Texto: Anny Lucard
Imagens: Canal YouTube The WB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário