quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Invadindo a praia masculina...

Hoje vai ao ar no programa Contos Sobrenaturais, um audioconto da autora Vivianne Fair, já conhecida pelos leitores do nosso Blog, por suas tirinhas divertidas de 'A Caçadora' e 'Cavaleiros do RPG'. Sendo que esse audioconto, faz parte do Universo Fantástico de 'A Caçadora'.

Quando se pensa em desenhistas de histórias em quadrinhos, ou escritores do gênero, o que vem a mente é... Stan Lee... Maurício de Sousa... Afinal desenhar e escrever histórias em quadrinhos é coisa de garoto, certo? Errado!

Quem anda agitando atualmente a internet, é uma talentosa desenhista e escritora, Vivianne Fair, também conhecida por Chefa. Ela possui uma criatividade equivalente a de Stan Lee, para criar histórias complexa e personagens marcantes. Como o talento para desenhar seus personagens de forma peculiar, fazendo-os se destacar entre os demais, assim como nosso Mauricio de Souza. E o resultado são histórias de aventura envolventes e divertidas.

No entanto, ao mesmo tempo que as histórias de Vivianne Fair, possuem um certo romantismo típico de ditos textos femininos, o humor irreverente é tão afiado, quando os vistos em quadrinhos tipicamente masculinos. O que provavelmente seja a influência oriental, já que a autora é fã declara de animes japoneses e games. E provavelmente por isso, consiga mostrar em suas histórias essa mistura, que agrada e chama a atenção de ambos os sexos.

Mesmo que a maioria de seus fãs, por enquanto, sejam do time feminino, que vive a suspirar de amores por seu vampiro Zack. O fato é que o time masculino ainda não descobriu sua Jessica, pois com certeza vão se encantar com a espirituosa ruiva, caçadora de vampiros.


Vivianne Machado, atualmente mais conhecida por Vivianne Fair é natural da capital do estado do Rio de Janeiro, mas atualmente mora na capital do nosso país, Brasília.

Quando pequena, como todo bom artista, Vivianne Fair não conseguia decidir o que queria ser quando crescesse. E por isso tinha uma lista de possíveis profissões a seguir, como: Professora, dançarina de ballet, escritora, desenhista... Entre outras, que incluía também detetive e para-quedista.

Porém o gosto pela leitura a fez ler, por livre e espontânea vontade, mais que a metade da obra de Monteiro Lobato, quando tinha por volta dos 10 anos ainda. Ótima influência, só podia levar à ótimas idéias. Por isso, ainda menina, muitas vezes largou as bonecas para desenhar e escrever. Logo Vivianne Fair se arriscava, sem muita pretensão, em publicar suas histórias. Escreveu inclusive poesias para jornais aos 12 anos.

Decidiu embarcar na universidade da UnB, no curso Artes Plásticas e seu trabalho de final de curso, resultou em uma exposição baseada no seu primeiro livro, 'Cavaleiros do RPG' e daí Vivianne Fair não parou mais. Na verdade, o livro 'Cavaleiros do RPG' surgiu como uma solução para concluir a história, quando a autora percebeu que a fotomanipulação de quadrinhos para a exposição, não ia resultar no roteiro completo que havia criado. Por isso resolveu terminar a história na literatura.

A autora tem um filho de 11 anos, fã de Darth Vader e sua maior alegria, sendo um crítico ferrenho das obras da mãe.

Para saber mais sobre Vivianne Fair, temos várias tirinhas desenhadas e escritas por ela, em nossa sessão Em quadrinhos, aqui no blog do programa Contos Sobrenaturais.

Também pode encontrar excelentes matérias e resenhas, tanto sobre 'A Caçadora - Sorriso de Vampiro' como sobre os 'Cavaleiros do RPG', no Leitora Compulsiva, que como nós da Digital Rio, quer ver os livros de Vivianne Fair nas livrarias de todo o país.

Se quer saber mais sobre as histórias contidas nos livros da autora, no skoob você encontra a resenhas de 'Cavaleiros do RPG' e também a de 'A Caçadora - Sorriso de Vampiro'.

O livro dos 'Cavaleiros do RPG' possui uma Comunidade no Orkut e se você tiver perfil lá, participe. Sendo que o livro tem uma página só dele (Click aqui para acessar a página.), onde você pode saber mais sobre o livro, a autora, produtos, downloads, artes de Vivianne Fair... E como adquirir seu exemplar. O livro 'Cavaleiros do RPG' pode ser adquirido, tanto direto com a autora ou no site da Livraria Cultura.

Por enquanto, o único jeito de adquirir 'A Caçadora - Sorriso de Vampiro', é direto com a autora. (Click aqui e adquira agora seu exemplar.)

Sendo que você pode ajudar a levar a trilogia de 'A Caçadora' para a livrarias, basta se unir a outros fãs e assinando a petição: Queremos 'A Caçadora' nas livrarias!

E se quer levar para casa mais que o livro de Vivianne Fair, pode ter Jessi e Zack com você. Basta visitar a Lojinha da Chefa, lá encontrará chaveiros, adesivos, ímãs e muito mais dos personagens da autora.

Blogs recomendados:
Blog da Chefa: http://recantodachefa.blogspot.com/
Blog de 'A Caçadora': www.sorrisodevampiro.blogspot.com

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Colaboração XV

[RESENHAS] Os Sete (André Vianco)

[resenha originalmente publicada no blog insônia]

Apesar do livro O Senhor da Chuva ser o primeiro romance escrito por André Vianco, Os Sete foi seu primeiro livro a ficar conhecido e lançar o autor para o mercado editorial.

Alguns jovens amigos da pequena cidade de Amarração, no Rio Grande do Sul, descobrem uma caravela naufragada. Logo descobrem se tratar de uma embarcação da época do descobrimento do Brasil. Dentro dela encontram uma grande caixa de prata e achando se tratar de um tesouro, fazem um acordo com uma universidade de Porto Alegre. para retirar a caixa do fundo do mar. Confinados dentro da caixa estão sete corpos muito bem conservados, aparentemente inofensivos, mas quando o primeiro deles acorda …

A belíssima narração conta o despertar dos vampiros do rio D’Ouro no Brasil e até a metade do livro, mais ou menos, descorre duas tramas paralelas, porém, ligadas entre si. A primeira é a fuga dos amigos Tiago e Eliana e a segunda é o próprio despertar das criaturas da noite.

O livro inteiro é excelente, prendendo o leitor do início ao fim, e que final, mas posso destacar alguns momentos do livro que são realmente incríveis. Os confrontos, tanto entre vampiros e humanos, quanto entre vampiros e vampiros são alucinantes, cenas que deixam o leitor realmente vidrado na descrição. Outro ponto que achei fantástico, é a maneira como André Vianco descreve a surpresa dos vampiros recém despertos diante tantas novidades tecnológicas. É demais, algumas cenas chegam a ser bem engraçadas.

O livro termina com alguns ganchos que levam a narrativa ao próximo livro, Sétimo. Mas como disse o próprio autor … essa é uma outra história !!!


Texto Original:
Universo Insônia de Tiago Castro

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Entrevista: Adriano Siqueira

Um Vampiro-nauta nada assustador
Reportagem: Louise Duarte
Adriano Siqueira não é meramente um webmaster sobre um site de vampiros. Não. Ele é um colecionador sobre tudo, tudo mesmo que existe sobre vampiros. Sejam livros, HQs, DVDs e o que mais ele possa encontrar sobre o tema.

Webmaster de dois dos mais famosos websites brasileiros sobre vampiros, o diagramador paulista, concedeu a Digital Rio uma entrevista e nos conta de onde surgiu essa paixão pelas sinistras e tenebrosas criaturas da noite que voltaram com tudo depois da febre da saga “Crepúsculo”.

Digital Rio: Da onde surgiu o seu fascínio pelos vampiros?
Adriano Siqueira: Nos quadrinhos, desde a infância, pois na década de 70 havia muitos gibis e hqs que exploravam os assuntos sobre vampiros, na década de 80 os filmes de vampiros tinham uma nova roupagem com os filmes A Hora do espanto e Os Garotos perdidos e tínhamos a novela Vamp. Os
vampiros do Corujão com Chris Lee e Peter Cushing foi naquela época que comprei o Manual Prático do Vampirismo de Paulo Coelho e Nelson Liano.

Na década de 90 conheci os vampiros da Anne Rice e o Drácula do Copolla, filmes que me levaram a conhecer o RPG. Quando comprei um computador logo fui escrevendo contos de vampiros para a BBS do STI, provedor de São Paulo e me tornei o organizador de um grupo dentro do STI que era especificamente sobre vampiros. Ganhei nesta época o Livro dos Vampiros Gordon Melton. Comecei a participar  dos RPGs ir a muitos encontros sobre vampiros a caráter até que em 1999 criei meu site de contos e em 2000 o Conto Noturno/Adorável Noite ao qual já tinha muito material para falar sobre vampiros.

Depois idealizei com amigos, o Grupo Tinta Rubra, foi ai que comecei a conhecer mais escritores e leitores, pois foi o primeiro grupo de contos de vampiros e logo em seguida, em 2001, criei o Fanzine Adorável Noite para entregar nas casas noturnas e eventos de ficção, o sucesso sobre os Contos e o site me deixou com mais fome de explorar outras formas de mídia sobre os vampiros e então comecei a fazer histórias em quadrinhos, curtas, animação, radionovelas e pintei até quadros sobre vampiros.

Digital Rio: Conte um pouco do seu histórico como escritor de literatura fantástica.
Adriano Siqueira: Em 96 comecei a escrever meus primeiros contos, Contos do Dri, que tinham contos de vampiros, de fadas, de ficção, de terror e de cavaleiros. Criei um site em 1999 para colocá-los e logo em seguida criei o site Conto noturno/ Adorável Noite para divulgar entre tantos assuntos sobre vampiros, os meus contos, A ideia foi tão positiva que comecei também a divulgar os livros sobre vampiros. com a criação do Grupo Tinta Rubra ficou mais fácil para mim divulgar meu trabalho e o trabalho dos novos escritores de vampiros. Muitos livros que existem hoje são de autores que já passaram pelo Tinta Rubra que neste ano completará 10 anos de idade.

Em 2008 estreiou o primeiro livro com a minha participação. Amor Vampiro junto com mais seis autores, em 2009 teve o livro Draculea - O Livro Secreto dos Vampiros ao qual participei com um conto chamado Filosofia Vlad e em seguida Metamorfose a fúria dos lobisomens com uma história sobre um vampiro e um lobo.



Digital Rio: Você mantém vários websites temáticos sobre vampiros. Conte o porquê de ter construído eles e conte algum fato interessante relacionado a eles.
Adriano Siqueira: Com a Criação do site Conto Noturno / Adorável Noite a mídia começou a descobrir mais sobre vampiros. As fotos dos Eventos, os encontros sobre o tema e as palestras acabaram mostrando que no Brasil existiam muitos que apreciavam o tema. A divulgação dos livros de escritores nacionais completou o que no Brasil não existia, Fãs de escritores nacionais sobre vampiros. As portas foram abertas por causa da divulgação do Adorável Noite. como pode ser visto na parte de Mídia do site e também na parte de eventos que o Adorável Noite participou.

Digital Rio: Sendo fã de quadrinhos também, tem algum favorito que envolva vampiros?
Adriano Siqueira: Sou fã das vampiras Vampirella que acompanho desde garoto e da Chastity que conheci na década passada, Vamps, que tinham cinco vampiras em motos. No Brasil A Mirza e a Nadia dominavam a minha geração. Tive o prazer de conhecer pessoalmente o Eugenio Colonnese, criador da vampira Mirza e fiquei chocado quando ele faleceu (2008) pois ele se parecia muito com meu pai, e Ele faleceu um ano depois dele.(após a morte do meu pai em 2007 congelei o site Adorável Noite por 2 anos, ele adorava o site).

Nos Vampiros aprecio muito as histórias da Marvel "A Tumba de Drácula" do Gene Colin é o que mais me deixava impressionado pois era bem parecido com o Drácula do Bram Stoker. Foi de lá que saiu o Blade. Com as novas aventuras dos vampiros nos quadrinhos posso dizer que Blade ainda está firme nos quadrinhos e foi o que mais se destacou no final da década passada.

Eu gosto tanto de quadrinhos de vampiros que fiz uma vez uma matéria sobre os heróis que encontraram os vampiros. e são várias páginas interessantes sobre o tema. veja a matéria AQUI.

Digital Rio: Que tipo de historia você gostaria de ver algum dia contada nos quadrinhos?
Adriano Siqueira: Queria ver aventuras dos personagens monstros da Universal. Drácula, Lobisomen, Frankenstein, como já fizeram no filme "o castelo do frankenstein" e no filme do Van Helsing que poderia ser melhor. Vê-los nos quadrinhos todos juntos com um ar Noir e futurista seria magnifico.

                                      

Digital Rio: Quais são os seus personagens favoritos nos quadrinhos (sem serem
vampiros) e por quê?
Adriano Siqueira: sou um colecionador. Mais do universo DC do que da Marvel embora eu colecione os dois, pois a Marvel era sempre mais ligado aos monstros do que a DC. Novos Titãs, Liga da Justiça, A Legião dos Superherois, são meus grupos favoritos que destaco sempre. mas é impossível não apreciar os Vingadores, Os Campeões, X-Men e os defensores, (que deveria ter filme pois o Grupo Defensores tinha a Valquiria o Dr. Estranho, Surfista Prateado e Hulk , o Cavaleiro e o Tocha Humana.)
Personagens favoritos:  Lanterna Verde, Thor, Superman, Homem-aranha, Nova, Supergirl, Viuva-negra, Asa Noturna e Motoqueiro fantasma.

Digital Rio: E filmes e livros de terror? Quais são os seus favoritos e por quê?
Adriano Siqueira: Além dos que já aprecio sobre vampiros (quase todos) também gosto dos livro do autor Stephen King, Ira Levin, Ian Fleming e John Gardner

Os Filmes e Livros de Vampiro que aprecio são: Nosferatu – 1922, Drácula – 1931,Todos os Drácula do Chris Lee,Drácula 79,Drácula 2000, Drácula do Ford Copolla, a trilogia da Carmilla, Garotos Perdidos, A hora do Espanto,Trilogia do Blade,Trilogia do Underworld,Criatura perfeita,Os guardiões da Noite,Deixe ela entrar. E estou esperando o filme de vampiros "Suck" que tem participação devários roqueiros como Alice Cooper, Iggy Pop, Moby e outros.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Em Quadrinhos VI

Cavaleiros do RPG 2
CLICK NA IMAGEM PARA AMPLIAR E LER

Vivianne Fair (também conhecida por Chefa) é autora do livro 'Cavaleiros do RPG', recentemente traduzido para o inglês, no qual a tirinha de hoje foi inspirada. Trabalha também com ilustrações, inclusive internacionais. Carioca, atualmente mora em Brasília com seu filho, um crítico ferrenho de suas obras.

A história da tirinha tem como foco a heroína... Ou seria vilão? Talvez anti-heroína. O fato é que Vivianne Fair criou a protagonista dessa hitória, Sephira, envolta em um mistério e que faz o leitor amá-la e temê-la igualmente. E assim como o vampiro Zack (da trilogia 'A Caçadora'), digamos, Sephira tem um senso moral nada convencional... Se é que tem um. Porque a história de 'Cavaleiros do RPG', começa com Sephira prisioneira. E se não bastasse o fato, ela também foi privada de tudo, por acharem que é uma ameaça ao mundo. O que talvez não se tornasse algo viável, se Sephira tivesse amigos e pessoas a quem amar... Se tivesse. Porque não é isso que acontece, já que ela cresceu prisioneira e por isso se tornou uma adulta fria e calculista. Fato que talvez faça de Sephira, afinal, uma ameaça real a quem cruzar o seu caminho.

Para saber mais sobre Vivianne Fair e seus personagens, ou como adquirir os livros 'Cavaleiros do RPG' e 'A Caçadora - Sorriso de Vampiro', nos quais as tirinhas postas aqui são inspiradas, vá ao blog Recanto da Chefa, ou no twitter da autora: http://twitter.com/viviannefair

E o pessoal do Skoob, pode seguir a Chefa.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Colaboração XIV

Éden – Reinado dos Céus

SOBRE O LIVRO: O livro “Reinado dos Céus” é o primeiro da trilogia “Éden”. A história leva-nos para uma realidade onde as batalhas são constantes, quer na Terra, como em Cethrum (nome dado ao Céu) e Göleia (nome dado ao Inferno). A acção começa com duas mortes de vital importância, a de Daryö, o Deus Ancião que guardava a Terra e o Rei Efferb, tirano da região de Aguëda.

A Terra encontra-se dividida em dez partes distintas: Aguëda (onde começa a história), Hisn Al-Madin, Marajiq, wadi-Lait, Qibdhaq, Buhera, Mudawwar, Balat, az-Zay e Hordä.

O Cethrum estava dividido em sete partes diferentes : Mostëu, Wolleum, Santhe, Fhonte, Ballüm, Dividü e Cäib.

Por fim, Göleia separava-se apenas em duas zonas: Füherem e Ardüm.

Feita a situação local e histórica da narrativa, deve-se salientar que
este primeiro volume segue com principal interesse as histórias dos
sucessores de Däryo e Effberg, da Deusa Brigit e da humana Éden.

Título: Éden – Reinado dos Céus
Autora: Bruno Pereira
Género: Literatura Fantástica
Editora: HM Editora


Texto Original:
Alterwords - edição 5

------------------------------------------------------------------------------

NOTA SOBRE O LIVRO 'ÉDEN - REINADO DOS CÉUS' NO BRASIL:

Se achou interessante a trama, saiba que o livro ainda não foi lançado no Brasil. A boa notícia, é que sendo de origem português, pode ser obtido pelos brasileiros via internet, por ser um texto sem necessidade de tradução. Informe-se direto na HM Editora, que distribui o livro. Ou, quem sabe, assim como o livro do autor Rafael Loureiro (Memórias de um Vampiro), a boa aceitação do livro de Bruno Pereira, faça a nossa tão querida Livraria Cultura importá-lo.

Porém ainda torcemos para os livros de literatura fantástica tanto portuguesa, como de outras partes da Europa (além da Inglaterra), comecem a chegar ao Brasil, com a mesma frequência que os americanos.

SOBRE O AUTOR:

Bruno Pereira é de Portugal, Mondim de Basto em Vila Real. Além de "Éden – Reinado dos Céus", tem mais dois livros de poesia lançados em seu nome "Fragmentos" e "Cruzamentos"(este com mais dois autores, Adriano Ferreira e Márcio Oliveira). Seus estilos literários favoritos são mesmo a poesia e a fantasia. Faz Ciências da Comunicação na faculdade e também é um dos criadores e autores da revista literária online Alterwords.

Para saber mais sobre Bruno Pereira, acesse o site de poesia do autor: http://www.oparaisonaoeaqui.blogspot.com/

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Colaboração XIII

Wicked - Maligna (Resenha)

Desafiando a Gravidade


Quando L. Frank. Baum criou os interessantes personagens do livro O Mágico de Oz em 1900, ele não imaginaria que 95 anos depois sua obra seria recontada pelo ponto de vista da vilã da história, a Bruxa Má do Oeste.

Em Wicked - Maligna escrito por Gregory Maguire em 1995 e publicado no Brasil pela Ediouro em 2006, entendemos um pouco mais o porque de Elphaba (o nome da Bruxa Má do Oeste) ser do jeito que é. O livro é um pouco mais adulto, político e filosófico do que O Mágico de Oz mas não deixa de ser interessante descobrir o porque de Elfinha (apelido carinhoso dos amigos e parentes para Elphaba) ter acabado do jeito que acabou.

Começando com flashbacks com o nascimento da futura bruxa má de Oz (que nasceu verde!) e pelo jeito como seus pais a tratavam, sempre preferindo a irmã, mesmo estando em uma cadeira de rodas, Elphaba era repudiada pela mãe que tinha horror a ela por ter nascido com dentes pontudos e ser verde.

Quando adolescente, Elphaba vai para a universidade de Shiz onde conhece a futura bruxa do Norte, Glinda que torna sua colega de quarto apesar de ambas saberem não terem nada em comum. Glinda é mimada demais, fútil demais e boba demais enquanto que Elphaba sempre diz o que pensa e se torna militante dos animais usados em experiências da Univerdade. Mas mesmo assim, a excentricidade de Elphaba chamou a atenção de Glinda que viu que poderia ter uma amiga em Elfinha.

Elphaba conhece ainda na Universidade, Fiyero um aluno sedutor e charmoso que diferente dela não gosta de estudar, mas acaba se apaixonando por ela. Eles acabam se encontrando anos mais tarde quando ele está casado e ela vira uma terrorista militar (tendo que se esconder em casas de familiares e desconhecidos) e acabam tendo um caso sem ninguém saber onde conversavam sobre os acontecimentos em OZ além de política e filosofia é claro.

Vale destacar que mesmo odiando a irmã Nessa que possuia os famosos sapatos mágicos que mais tarde serão dados a Dorothy por Glinda, Elphaba sempre teve desejo em possuir os sapatos o que mostra a parte final do livro em sua busca pelos sapatos que são seu por direito e que Glinda deu sem sua autorização para a estranha invasadora que matara sua irmã com uma casa.

Em 2008, Gregory Maguire lançou a sequência de Wicked, O Filho da Bruxa também já lançado no Brasil pela Ediouro.


O livro fez tanto sucesso nos Estados Unidos, que acabou gerando um musical na Broadway adaptado de uma maneira mais sutil e menos trágica. Como diria minha amiga Clarisse, o musical é quase um filme da Disney em comparação com o livro, mas está bem fiel ao livro também, mesmo com todas as mudanças ocorridas para deixar ele menos pesado, incluindo as músicas escritas para contarem a história que ninguém sabia sobre Elphaba, Glinda e todos os personagens do fantástico mundo de Oz com personagens estranhos, bizarros ao mesmo tempo que fantásticos.

As atrizes mais famosas que interpretaram Elphaba e Glinda foram Idina Menzel e Kristin Chenoweth e o número "Defying Gravity" é o hit mais famoso do musical que inclusive foi tocado recentemente em um episodio da série musical Glee.


Voces podem checar o video do trailer do musical abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=a0m6sclZkH0

(Clique no link para ver o video.)


E abaixo uma perfomance de Idina e Kristin da música "Defying Gravity" no Tony Awards. De arrepiar!




Texto Original:
Repórter de Aço de Louise Duarte

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Em Quadrinhos V

Cavaleiros do RPG
CLICK NA IMAGEM PARA AMPLIAR E LER

Vivianne Fair (também conhecida por Chefa) é autora do livro 'Cavaleiros do RPG', recentemente traduzido para o inglês, no qual a tirinha de hoje foi inspirada. Trabalha também com ilustrações, inclusive internacionais. Carioca, atualmente mora em Brasília com seu filho, um crítico ferrenho de suas obras.

A história da tirinha tem como foco a heroína... Ou seria vilão? Talvez anti-heroína. O fato é que Vivianne Fair criou a protagonista dessa hitória, Sephira, envolta em um mistério e que faz o leitor amá-la e temê-la igualmente. E assim como o vampiro Zack (da trilogia 'A Caçadora'), digamos, Sephira tem um senso moral nada convencional... Se é que tem um. Porque a história de 'Cavaleiros do RPG', começa com Sephira prisioneira. E se não bastasse o fato, ela também foi privada de tudo, por acharem que é uma ameaça ao mundo. O que talvez não se tornasse algo viável, se Sephira tivesse amigos e pessoas a quem amar... Se tivesse. Porque não é isso que acontece, já que ela cresceu prisioneira e por isso se tornou uma adulta fria e calculista. Fato que talvez faça de Sephira, afinal, uma ameaça real a quem cruzar o seu caminho.

Para saber mais sobre Vivianne Fair e seus personagens, ou como adquirir os livros 'Cavaleiros do RPG' e 'A Caçadora - Sorriso de Vampiro', nos quais as tirinhas postas aqui são inspiradas, vá ao blog Recanto da Chefa, ou no twitter da autora: http://twitter.com/viviannefair

E o pessoal do Skoob, pode seguir a Chefa.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Atendendo a pedidos


Por conta das férias e também dos apagões, teve muita gente que não ouviu os programas do 'Contos Sobrenaturais', que foram ao ar em Janeiro. Uns pediram se podiamos reprisar, outros queriam saber se os programas estaríam disponíveis em algum lugar na internet...

Então, atendendo a ambos os pedidos, faremos o seguinte.

O programa Contos Sobrenaturais agora tem um YouTube, onde muito em breve, estaremos disponibilizando os audiocontos que foram ao ar, de dezembro de 2009 em diante. Sendo que o audioconto natalino, escrito por Nazarethe Fonseca e exibido no dia 25 de dezembro de 2009, já se encontra disponível no Canal. Porém logo os contos de Adriano Siqueira, Giulia Moon e Kane Ryu, estarão fazendo companhia a ele.

Quem não quer esperar tanto, para ouvir os audiocontos de Janeiro... Nos próximos dois programas teremos uma sessão dupla, com a reprise de dois contos no mesmo programa. Uma Noite Alucinante em dose dupla.

Sendo que no Carnaval, não haverá programa. Na verdade, a rádio vai ficar em off da sexta-feira de Carnaval (a partir da 16h), até a quarta-feira de cinzas... É que a turma da Digital Rio, vai cair na folia! Uns já estão caindo desde meados de Janeiro, como é o caso do nosso DJ Phaw. Nosso membro vindo da Bahia, nos "abandonou" pelo Carnaval de sua terrinha e pela Ivete. (Confirmando as lendas que o Carnaval na Bahia começa um mês antes. Volta Phaw!)

DJ Phaw e Ivete Sangalo

Nosso Paulo Sett logo se juntará a folia baiana também, mas outros foram mais ao norte e começaram o Carnaval, num convento em Fortaleza (Essa história nossa Lucy Mattos vai ter que explicar direitinho, pois sua twittagem deixou o povo curioso.) Porém parte da turma da Digital Rio só quer aproveitar a merecida folga, para um descanso. ;) Voltando a todo o vapor na Quarta-feira de Cinza a partir do meio-dia.

Para ninguém perder as reprises, porque depois vão ter que esperar os audiocontos irem para o YouTube. Abaixo, vai a lista do que irá rolar nas sexta-feiras sobrenaturais de fevereiro.

Hoje, dia 05/fev/2010, reprise dos audiocontos dos dias:
8/jan/2010 - 'A Fera' de Eduardo Alves
15/jan/2010 - 'A Bruxa do Guaporé'de Luis Eduardo Matta


No dia 12/fev/2010, não haverá programa.

No dia 19/fev/2010, reprise dos audiocontos dos dias:
22/jan/2010 - 'Vitória' de Adriano Siqueira
29/jan/2010 - 'Próxima Parada' de Eduardo Alves


No dia 26/fev/2010, audioconto inédito de Vivianne Fair.

Os programas duplos terão dois blocos, pois cada audioconto virá seguido de uma sequência de música. Espero que gostem e bom Carnaval para todos.

Se beber, não dirija. Se protejam, para o Carnaval ser só curtição!

E não esqueçam que até a sexta-feira de Carnaval, a Digital Rio está com seu aquecimento para o Carnaval de 2010. Confira a programação no blog da rádio.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Em Quadrinhos IV

A CAÇADORA 4
CLICK NA IMAGEM PARA AMPLIAR E LER

A tirinha foi criada por Vivianne Fair, que além de desenhar, também escreve. Vivianne Fair (também conhecida por Chefa) é autora do livro 'Cavaleiros do RPG', recentemente traduzido para o inglês. Trabalha também com ilustrações, inclusive internacionais. Carioca, atualmente mora em Brasília com seu filho, um crítico ferrenho de suas obras.

A história da tirinha é baseada na trilogia escrita por Vivianne, 'A Caçadora', que conta como a vida de uma simples secretária, Jéssica, muda, quando ela descobre que seus pais, são na verdade caçadores de vampiros.

A autora já avisa, apesar da moda vampiresca, sua história é muito mais cômica... E ela já deixa bem claro isso, ao mostrar para o leitor do que seus vampiros são capazes. Afinal, nunca esqueça, Zack é o único vampiro que foi tirar satisfação com a Stephanie Meyer.

Para saber mais sobre Vivianne Fair, ou como adquirir o primeiro livro da trilogia 'A Caçadora', vá ao blog Recanto da Chefa, ou no seu twitter: http://twitter.com/viviannefair

E o pessoal do Skoob, pode seguir a Chefa.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Conto VII


O seu coração continuava a bater em ritmo acelerado, inspirava e expirava descontroladamente tentando acalmar-se. O homem abraçou-a, ouvia o seu medo naqueles movimentos bruscos e nas lágrimas que teimavam em deslizar pela sua face.

- Já passou. - disse o homem passando a sua mão direita pelo cabelo enquanto a esquerda segurava as mãos dela junto ao peito - Já se foi embora.

Ela engoliu em seco e levantou-se devagar, como se o que tivesse acontecido lhe tivesse absorvido todas as forças.

- Tu não acreditas em mim...

O homem olhou para os lençois desarrumados da cama onde estavam deitados quando tudo aconteceu, suspirou, não sabia o que dizer.