quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Luz, Camera, Vampiros em Ação

André Vianco

Sempre inovador, o autor André Vianco resolveu partir para um novo desafio, produzir a primeira série brasileira baseada em livros de literatura fantástica.

A série 'O Turno da Noite' trata-se de livros que dão continuidade as histórias de personagens apresentados pelo autor nos livros 'Os Sete' e 'Sétimo', que André Vianco aposta novamente que serão sucesso, como fez anos atrás ao investir também do próprio bolso em seu livro 'Os Sete'.

Sim, porque o autor revelou na Bienal do Livro de São Paulo, mês passado, aos fãs presentes na palestra que fez junto com Martha Argel e Giuli Moon que está tirando do próprio bolso o dinheiro para produzir o piloto da série. (Infelizmente as ditas "leis de incentivo" cultural, nunca ajudam quem precisa, só incentivam pessoal já famoso, ou que participou de alguma droga de reality show. Os verdadeiros artistas nunca tem a ajuda devida de tais leis, que dizem ser voltadas para eles.)

Por isso vamos apoiar o pioneirismo de André Vianco, que novamente merece crédito por seu talento e visão empreendedora. Quem sabe agora 'Os Sete' e 'Sétimo' cheguei finalmente as telonas e da forma que se deve, afinal a tecnologia para isso chega ao cinema brasileiro. Porque a partir de amanhã uma nova fase do cinema brasileiro começa, onde o público vai constatar do que somos capazes de produzir com tecnologia de última geração, com o lançamento de 'Nosso Lar' nas salas de cinema de todo o país.

O piloto da série tem a promessa de André Vianco de ser lançado oficialmente no cinema, mas pode-se saber maiores informações da produção de 'O Turno da Noite', acompanhando o blog do autor: www.blogdovianco.com Se tem twitter, pode seguir @andrevianco

Para quem não conhece a história de 'O Turno da Noite', segue a resenha de Tiago Castro do Universo Insônia, parceiro do Contos Sobrenaturais .

RESENHA

O Turno da Noite (André Vianco)

O autor André Vianco já é bastante conhecido dos amantes da literatura fantástica por suas impressionantes histórias com vampiros. Após o sucesso dos livros Os Sete e Sétimo, a saga dos sete vampiros do Rio D’Ouro continua agitando a mente dos leitores e trazendo novos personagens para o espetáculo mais bizarro da Terra.


Em O Turno da Noite, Vianco dá sequência a saga que iniciou em Os Sete. Desta vez não temos os sete vampiros portugueses aterrorizando as noites da população brasileira, mas temos seus descendentes. Alguns personagens dos dois livros anteriores ainda continuam presente em O Turno da Noite, como o capitão do exército Brites, aliás, personagem recorrente em todos os volumes da trilogia.

A história inicia logo após a grande guerra que encerrou o livro Sétimo, entre vampiros e exército. Quatro sobreviventes, filhos do poderoso vampiro Sétimo, se veêm perdidos em meio a vida noturna e são recrutados por um vampiro ancião chamado Ignácio. O ancião oferece uma oportunidade incomum, um emprego em sua agência “Jugular”, para formarem O Turno da Noite.

A proposta que Ignácio oferece inicialmente é uma “limpeza” por parte do Turno da Noite, onde os quatro teriam que matar bandidos, políticos corruptos, traficantes e outros homens dessa categoria. Mas aos poucos, Patrícia, Alexandre, Raul e Bruno, vão descobrindo que o ancião não é tão bonzinho assim.

É nesse momento que surge outro personagem importante da saga, o vampiro Samuel, que tenta alertá-los sobre Ignácio. Samuel é um vampiro original, ou seja, um vampiro que foi transformado diretamente por um demônio. Quem já leu o livro O Senhor da Chuva vai se identificar com Samuel, que surge na história juntamente com seu irmão, que é um anjo.

O ancião Ignácio é auxiliado por duas sedutoras vampiras, Calíope e Isabela. A vampira Calíope é uma das personagens principais do segundo volume do Turno da Noite, onde conta toda sua história até ser transformada em vampira. A sedutora Calíope também torna-se o maior problema do capitão Brites, fazendo com que ele quase coloque o trabalho do exército a perder por inúmeras vezes. Isabela, a vampira ruiva, é o braço direito de Ignácio e durante os três livros inferniza a vida dos protagonistas.

Durante a trilogia mais algumas informações sobre o passado dos sete vampiros do Rio D’Ouro são reveladas E durante essas revelações que o autor nos apresenta o vampiro Jó, temido por Ignácio e sendo considerado o vampiro mais poderoso ainda existente.

Jó é o personagem principal do terceiro volume da trilogia, que leva o seu nome “O Livro de Jó”, apesar de aparecer apenas no final do livro. É surpreendente (e também surreal) as cenas que Vianco descreve da metade do terceiro volume até o final, bem no meio de São Paulo.

Além dos novos personagens, O Turno da Noite conta com caras antigas, como os caçadores Tobia e Dimitri e os vampiros Tiago e Eliane, protagonistas dos livros Os Sete e Sétimo.

Toda a trilogia é composta de muita ação, já característica dos livros de André Vianco. O rítmo acelerado está presente nos três livros e quanto mais o leitor se aprofunda em suas páginas, mais deseja saber o final desta incrível saga.

Em determinado momento da trilogia, André nos apresenta a personagem Dandara, uma bruxa que ainda não sabe de sua real natureza. Apesar de ter uma rápida passagem no terceiro volume de O Turno da Noite, Dandara é uma personagem importante para o autor, e de acordo com o próprio André, ganhará um livro só seu em breve (*informação passada pelo autor durante sua palestra no evento Fantasticon de 2009).

Enquanto o exército brasileiro tenta destruir os vampiros, Ignácio tenta impedir que o vampiro Jó desperte e os quatro membros do Turno da Noite tentam impedir os planos do vampiro ancião, o leitor encontrará momentos de muita adrenalina nas páginas dos livros.

O espetáculo mais bizarro da Terra torna-se ainda mais bizarro nessa trilogia, imperdível para os fãs de uma boa literatura fantástica.

Resenha Original:
Universo Insônia de Tiago Castro

Notícias quentes siga o @radarinsonia

Nenhum comentário:

Postar um comentário