quarta-feira, 8 de setembro de 2010

O sobrenatural invade a noite carioca

Depois da noite paulistana, parece que o sobrenatural finalmente chega ao Rio.

No último mês, entre os vários lançamentos de ficção com teor sobrenatural está Neon Azul. O livro do autor Eric Novello, da editora Draco, foi lançado no Fantasticon e tem como cenário a noite carioca.

Adorei tal idéia, pois simplesmente ando pelas ruas do Rio imaginando o quanto a cidade pode ser convidativa para histórias sobrenaturais. A cidade tem histórias de casas assombradas, cemitérios "perdidos" em seu subsolo e relatos diversos de encontros assombrados, dignos de um bom conto sobrenatural. E creio que é nessa linha de pensamento que Eric escreveu sua história. Ao questioná-lo, o autor me afirmou que há um toque sobrenatural em seu livro, pois é parte de um cenário montado por ele de fantasia urbana. O livro daria continuidade ao conto Fogo de Artifício que foi publicado pela Tarja Editorial, em sua coletânea Paradigmas, volume 1, onde parte dos eventos ocorre dentro do bar cujo o nome é 'Neon Azul'.

O bar em questão liga o lado do nosso mundo, com o mundo além da imaginação, que Eric chama de 'Entremundos'. O autor mistura o realismo com o fantástico, que eu particularmente acho um dos melhores tipo de literatura fantástica e por isso, não vejo a hora de ler o livro. Além disso, a capa é linda, seguindo a beleza das capas já produzidas pela editora Draco.

Release oficial de Neon Azul

Um homem que não dorme nunca. Um advogado com um cramulhão na garrafa. Um assassino que atravessa espelhos. Um escritor que não consegue prender sua personagem no papel. Esses são alguns dos frequentadores de Neon Azul, um bar diferente para cada cliente. Escolha o seu lugar, faça o seu pedido. Depois do primeiro drinque, você jamais será o mesmo.

Neon Azul é uma boate onde habitam os seus mais sombrios desejos e tentações. É um lugar diferente, repleto de acontecimentos estranhos, mas que poderia estar na esquina da sua casa ou no caminho entre o trabalho e o metrô. Enquanto acompanha a história do bar e de funcionários e clientes peculiares, descubra que realizar seus desejos pode ter efeitos colaterais imprevisíveis.

Homens de negócio, prostitutas, artistas e boêmios imersos em uma solidão que só quem passeia pela noite já experimentou, um sentimento comum aos que vivem cercados de gente, com um sorriso no rosto e um copo na mão.

Nesse jogo de luzes e sombras que revelam a fantasia e encobrem a realidade, está nas mãos do leitor a decisão de acreditar ou não no que lê e decidir quem conta as verdades e as mentiras ao longo da história.

Assim como o insone gerente do bar, o leitor terá muito o que lembrar quando deitar na cama e fechar os olhos por própria conta e risco.

Sobre o autor:

Eric Novello adora escrever sobre os bares, boates e inferninhos que permanecem vivos em sua memória. Em sua fase solar, cuida de um gato imaginário e da coleção de vinis de blues que ainda não começou. É roteirista, aficionado por cinema, principalmente o noir. Adoraria ter o que fazer nas horas vagas, mas antes precisa descobrir como consegui-las.

Sobre a Draco:

A Editora Draco quer fazer conhecido esse imaginário brasileiro, tão nosso e único, mesmo influenciado por obras estrangeiras que chegam através de livros e outros meios.

Queremos publicar autores brasileiros, aliando design, ilustrações e tudo o que for possível para melhorar nossos produtos. Que nossos leitores sejam atraídos pela beleza, mas nunca deixem de se maravilhar com as histórias e personagens que nossos livros trazem.

Que os autores brasileiros possam compartilhar seus tesouros e nós, amantes de livros e literatura fantástica, possamos ajudá-los a chegar aos leitores, abrindo portões e vencendo armadilhas, criando imagens e histórias que possam ser contadas por muitos anos.


Para saber mais sobre o autor

Site de Eric Novello:
http://ericnovello.com.br

Twitter de Eric Novello:
@cericn


Visite também o site:
www.aguarras.com.br


Site da editora Draco:
www.editoradraco.com

Twitter da editora Draco:
@editoradraco

Nenhum comentário:

Postar um comentário