terça-feira, 7 de setembro de 2010

Paixão a primeira mordida

O sorteiro do livro Kara e Kmam de Nazarethe Fonseca já aconteceu e a ganhadora foi a Alinne Nunes (Uma das mais engajadas na divulgação da promoção. Isso que é amor!) do blog Amo Livros.


Só que eu passei a última semana relendo os e-mails que recebi, durante a promoção do livro e foi difícil não ficar impressionada com alguns. Mesmo que as mensagens não tivessem influência no sorteio, pois era uma questão de sorte, tive que comentar com a Nazarethe sobre elas. Algumas falavam do quanto gostavam das histórias, outras dos audiocontos, ou mesmo do quanto Jan Kmam e Kara são fofos juntos; mas entre elas havia verdadeiras declarações de amor a Kara, Kmam e suas aventuras tão maravilhosamente narradas por Nazarethe Fonseca.

Por isso foi resolvido que com o termino da promoção, eu faria um post falando das mensagens e a melhor entre elas, ganha um kit-brinde vampiresco da Digital Rio. Porém segue algumas dessas mensagens empolgadas ou parte delas, pois algumas são bem longas.

"Se eu fosse uma vampira poderiam dizer que gosto mais das histórias de Nazarethe Fonseca e do Contos Sobrenaturais do que de sangue,mas como sou uma simples mortal só posso dizer que necessito tanto das histórias como dos contos pra sobreviver..." - Milliane Cristinne

"Eu adoro as histórias da Nazarethe, inspiradora, sedutora, com tramas e personagens bem elaborados, além da excelente imaginação e criatividade. Quanto aos Contos Sobrenaturais, conheço a pouco tempo e tenho admirado bastante a iniciativa e desejo todo o sucesso." - @tykkaa

"Ah eu adoro ler! Principalmente livros de fantasia, magia, mistério, terror, Vampiros *-----* Contos sobrenatural tem tudo isso é muitoo boom, adoro as historias, principalmente as de terror e mistério! (...) quando eu leio as historias da Nazarethe Fonseca... eu entro num mundo mágico, no mundo de Jan Kman e Kara Ramos. (...) nos colocamos no lugar da Kara, o que ela sentia em cada situação. O amor deles é tão lindo... tão mágico! É o melhor livro de vampiros que eu já li!! Comecei a ler e não consigo mais parar :D é muito viciante *-* espero um dia ter uma oportunidade de conhecer essa escritora maravilhosa (...)" - @AmandaGoncalvez

"(...) gostei de como ela criou Jan Kmam (...) eu gostei de como Jan ñ age só como se Kara fosse de porcelana, gosto dos ataques de raiva dele, isso realmente mostra que, apesar de lindo e apaixonado, ele é um vampiro e, por mais doce que eles possam ser, eles são assim às vezes rudes, as brigas deles colocam eles como um 'casal real', ou seja, todo casal também tem suas brigas, gosto das cenas 'quentes' (...) feliz dela ser brasileira, porque assim as pessoas podem passar a dar mais valor as coisas nacionais, e também poderemos mostrar que o Brasil (...) ñ pensa só em carnaval e futebol. (...) " - @Giovanna_Giou

Essas foram só algumas das mensagens, mas o ganhador escreveu não só uma declaração de amor de alma e sangue, mas um relato do quanto um livro pode ser importante na vida de alguém. Uma paixão a primeira mordida.

Quem ganhou o kit-brinde vampiresco da Digital Rio foi George Ritter de São Gonçalo (RJ). Segue o texto escrito na integra.

"Posso dizer que meu caso com Alma e Sangue não é de hoje, foi quase que uma paquera. Eu, desde os meus 15 anos de idade, comecei a minha jornada literária em meio ao mundo dos vampiros. Diferentemente dos demais jovens que seguiam desmedidamente na direção da Anne Rice, eu busquei primeiro André Vianco, o que me foi de grande valia na época, pois foi minha primeira resolução deste mundo. Após algum tempo tive de me rivalizar com um inimigo literário - meu pai - que não gostava que eu estivesse enveredando pelas veias literárias dos vampiros, então decidiu não mais comprar livros desse cunho para mim; contudo a paixão foi maior, e sempre que eu passava pela livraria eu ficava paquerando os livros desta temática. Foi quando me deparei com a edição ainda da época da Novo Século de Alma e Sangue: O despertar do vampiro; desde então, toda vez que eu ia lá buscava o livro; posso dizer que era uma tolice de um adolescente ficar com um livro na mão somente por tê-lo nas mãos (e não comprá-lo), mas eu o fazia - talvez igual a um adolescente que paquera timidamente, sem deixar muito nítido. Porém, passado os anos, minhas veias de literatura foram se remodelando (mas ainda assim desagradando meu pai), me tornei um escritor de histórias policiais (ainda que não publicadas), mas ainda pendendo para a fantasia sombria dos vampiros.
Então, um dia estava eu, anos depois, nesta mesma livraria, quando me deparo com a versão de Alma e Sangue feita pela Aleph; posso dizer que a paquera voltou, talvez de um modo bem metafórico, minha "sede" por aquele livro fosse similar aos de Jan Kmam por sangue. Comprei. Foi como um amante podendo ter em ter braços quem tanto desejou, mesmo que por um espaço de tempo tenha neblinado seus desejos por outros, mas nunca este tenha sido findado.
É por isso que eu gosto de Alma e Sangue!"


George Ritter
São Gonçalo - RJ
03/08/2010

Kit-brinde Vampiresco da Digital Rio, em parceria com a @gizeditorial e a @editora_aleph, contém marcadores de livros sobrenaturais e de vampiros e dois botons, entre os vários que a Giz deu para o kit-brindes da rádio.


E em novembro teremos Alma e Sangue - O Pacto dos Vampiros. Não sei vocês, mas estou super ansiosa para o lançamento do terceiro livro da saga vampiresca de Nazarethe Fonseca e confesso que ler Kara e Kmam não está ajudando. A versão da Aleph está ainda melhor (Nazarethe se superou!) e quem não ganhou, pode aproveitar para comprar o livro e ler antes de novembro. Leia trechos do livro Alma e Sangue - O Pacto dos Vampiros no site do Eric Novello.

Quem quiser tentar a sorte novamente, tem promoção no Gorgeous Girl (até dia 18/09/10) e no Lendo nas Entrelinhas (até dia 26/09/2010) do novo Kara e Kmam.


Página de Nazarethe Fonseca no site da editora Aleph:
http://www.editoraaleph.com.br/site/autores/nazarethe-fonseca

Blog Oficial de Alma e Sangue:
http://www.almaesangue.blogspot.com

Twitter de Nazarethe Fonseca:
@Nazarethe

Site da Editora Aleph:
www.editoraaleph.com.br

Twitter da Editora Aleph:
@editora_aleph

Nenhum comentário:

Postar um comentário