sexta-feira, 20 de abril de 2012

Vingadores e Vampire Diaries

Passei o dia com duas coisas na cabeça. 'Os Vingadores' (The Avengers), filme do diretor Joss Whedon (criador de 'Buffy, a caça-vampiras'), e com o episódio de ontem de 'Vampire Diaries', de número 19, chamado Heart of Darkness.

Vou aproveitar o fator sobrenatural do único filme de super herói que possui um deus, na forma do loirão Thor e também do irmão dele, Loki, para comentar a respeito.

Sempre fui fã da Marvel e tirando o Batman, nunca gostei muito dos heróis dos quadrinhos da DC, até conhecer a Louise Duarte. Ela como fã de carterinha do universo da DC, especificamente do Superman, aos poucos me fez ver que muitos dos heróis eram legais e eu, claro, fiz o mesmo com meus queridos X-Men.

Curiosamente as incríveis histórias dos adoráveis mutantes da Marvel, deixaram a desejar nos filmes para o cinema. Até os desenhos animados ficaram melhores que os filmes. Mesmo achando alguns até legais, a decepção sempre foi um fato em relação aos filmes do X-Men. No entanto, para minha surpresa, um dos heróis Marvel, que eu nunca liguei, o Homem de Ferro, me conquistou ao ser interpretado por Robert Downey Jr, ator do qual sou fã anos. Por causa dele me interessei em ver o tal filme dos Vingadores, que também nunca me chamou atenção. Do grupo só conhecia mesmo o Hulk, mas por ser fã da série de TV.

Foi então que outro herói entrou em cena, o deus nórdico que faria parte da secreta iniciativa, Thor. Eu sou apaixonada por mitologia e mesmo que não tenha me interessado pelos quadrinhos de Thor, achei interessante a ideia de transformar um deus em super herói. Então quando lançaram o filme com o loirão arrasa quarteirão (literalmente) Chris Hemsworth, foi paixão a primeira vista.

O golpe de misericordia foi mesmo quando escolheram Joss Whedon para a direção. Fã do trabalho dele, tanto em relação as histórias sobrenaturais (Buffy e Angel), como as de ficção científica (Firefly e Dollhouse), tive a certeza que seria o diretor perfeito para o filme. Desde então acompanho as notícias e quando Louise Duarte, a fã de carterinha de Superman e sua turma, me falou que tinha visto 'Os Vingadores' na Cabine de Imprensa aqui no Rio de Janeiro, que queria ver todos os filmes e tinha adorado o Stark, não necessariamente nessa ordem, eu só podia dizer uma coisa: SABIA!

Joss Whedon foi uma ótima escolha para a direção e estou contando os dias para ver o filme, que pelo que li, promete grandes emoções, agora com Thor tendo ajuda, que tenho certeza que serão perfeitos para arrasa quarteirão, cidade... Na crítica feita por Louise Duarte, publicada hoje no blog da rádio Digital Rio, dá para ter uma ideia do que Joss Whedon aprontou (até a Viúva Negra ficou legal) e eu mal posso esperar para ver Stark e Thor em 3D. Loucura! Eles vão me tirar o sono nessa semana de espera pela estreia.



Outro que anda tirando o meu sono e de muita gente, é o vampiro Damon Salvatore, que ontem provou que só precisa um olhar para tirar o sono e o fôlego das fãs. (E deixar a camisa aberta também não ajuda muito a questão respiratória.)

Em uma das melhores cenas da temporada, Damon tirou meu fôlego... Pois esqueci que tinha que respirar durante a cena e ainda não faço ideia do que ele e Elena conversam. Apenas o "Por que não?" que Damon lançou a Elena chegou aos meus ouvidos. Vampiro mau, não deixou a pobre Elena dormir em paz... E é por isso que os fãs o adoram. (Ela é louca! Quem iria dormir em um quarto com Damon Salvatores descamisado!)

Foi assim que iniciei a madrugada dessa sexta-feira, com a história do deus nórdico super herói e seus amigos, e o vampiro mais descamisado (malvado) que já se teve notícia, que adora levar um pobre mortal a loucura... E as fãs ao delírio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário