sexta-feira, 20 de abril de 2012

100 anos sem Bram Stoker

Hoje faz exatos 100 anos que o criador do mais sinistro e adorado vampiro morreu.

Bram Stoker criou uma das mais fantásticas histórias de terror de todos os tempos, Drácula, assim com um dos mais marcantes personagens.

Foi em 20 de abril de 1912 que o escritor irlandês Abraham Stoker morreu. Nascido em 8 de novembro de 1847, em Dublin, morreu na cidade de Londres.

Foi em 1897 que Stoker, aos 50 anos, publicou Drácula, após 6 anos de pesquisa, imortalizando seu Conde Drácula e a si mesmo na literatura mundial.

Infelizmente Stoker morreu antes de ser devidamente reconhecido, pois foi só em 1931, com a produção cinematográfica 'Drácula', que teve Bela Lugosi no papel principal, que a história ganhou o mundo.

Stoker escreveu seu primeiro ensaio aos 16 anos. Se tornou crítico de teatro, sem remuneração, no jornal Dublin Eventing Mail.

Em 1875 recebeu seu mestrado e em 1878 casou-se com Florence Balcombe, com quem teve apenas um filho e cujo ex-pretendente foi Oscar Wilde. O casal mudou para Londres, onde Stoker passou a trabalhar na companhia teatral Irving Lyceum, assumindo várias funções e permanecendo nela por 27 anos.

Stoker viajou por vários países, trabalhando para Henry Irving, apesar de nunca ter visitado a Europa Oriental, cenário de seu famosos romance.

O Conde Drácula de Stoker, foi inspiração para vários filmes sobre vampiros, séries de TV, quadrinhos e também foi alvo do primeiro plágio da história do cinema. O expressionista alemão F.W. Murnau produziu o filme 'Nosferatu' de 1922. No filme o Conde Drácula virou o Conde Orlok e também ficou mais tenebroso e menos charmoso que o vampiro criado por Stoker, com orelhas pontudas e mãos e forma de garras. No entanto, a história é basicamente a mesma do livro.

Em 1992, Francis Ford Coppola produziu um dos melhores filmes sobre 'Drácula', depois do Drácula de 1931, 'Drácula de Bram Stoker'. O filme de Coppola é uma opera sanguinária, tem uma produção requintada e é muito fiel ao clássico da literatura, que tem no papel principal Gary Oldman (o Comissário Gordon dos filmes do 'Batman').

CURIOSIDADE:
-Bram Stoker publicou posteriormente um conto com o Conde Drácula, chamado 'O Hóspede de Drácula', que na verdade é um trecho do livro 'Drácula' que foi excluído.
-O livro 'O Caixão da Mulher-Vampiro' é uma outra história com vampiros publicada por Bram Stoker, em 1909.

Nenhum comentário:

Postar um comentário