Literatura Fantástica nas ondas do rádio

domingo, 27 de outubro de 2013

Zombie Walk Rio de Janeiro 2013 - Conheça e Participe


A Zombie Walk é uma caminhada que celebra o Dia dos Mortos, inspirada em tradições anteriores como a que ocorre no México, celebração de origem indígena, que honra os falecidos. Como a data varia de país para país, o período das caminhadas ficam geralmente entre o dia 31 de outubro (Halloween, ou Dia das Bruxas) e 2 de novembro (Dia de Finados Católicos).

Enquanto os católicos choram por seus mortos, na tradição mexicana e de outros países latino-americanos, comidas e pessoas vestido trajes de caveira, conhecidas também por Skull Sugar, celebram a passagem para o mundo dos mortos, que para os antigos seria um lugar melhor e não temido como as tradições cristãs geralmente pregam.

Além da América Central, em algumas regiões dos Estados Unidos, onde a população mexicana é grande também há celebrações e por isso a UNESCO declarou o Festival dos Mortos um Patrimônio da Humanidade.

A partir dos anos de 2000, surgiu uma versão moderna do antigo festival, criado por fãs de histórias fantásticas e de conteúdo sobrenatural, especificamente o Fandom Zumbi. O evento que foi organizado pela primeira vez em outubro de 2003, em Toronto, no Canadá, teve poucos participantes, mas com uma grande repercussão. Daí passou a ser melhor organizada e ganhou uma escala mundial. E em 2006, aconteceu uma das primeiras Zombie Walk realizada no Brasil, em Belém, para no ano seguinte ter outras cidades incluídas como Rio de Janeiro.

Logo a "Caminhada dos Zumbis" começou a incluir cidades pelo mundo, da canadense Montreal até Sydney na Austrália. Além de cidades como New York, São Francisco, Seattle entre outras norte-americanas.

As caminhada acontecem em grandes centros urbanos e os participantes organizam uma rota através das ruas da cidade, passando por shoppings, parques e outros locais com grande público. A ideia é assustar as pessoas, mas no maior clima de brincadeira, e por isso durante todo o evento, os participantes caracterizados de zumbis se comunicam como os temidos mortos-vivos dos filmes, grunhindo e gemendo, ou no máximo falando "Cérebro!".

Atualmente, no Brasil, não só as grandes capitais de estado contam com o evento, como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belém, Porto Alegre, Salvador, Curitiba entre outras. Também na lista cidades de interior como Barretos, Cabo Frio, Criciúma, Caxias do Sul, Pelotas, Santa Maria, Santana do Livramento, São José dos Campos, Volta Redonda, Taubaté entre outras.

A Zombie Walk Rio de Janeiro 2013 foi marcada para o próximo dia 2 de novembro, no Feriado de Finados. Trata-se de um evento público organizado por um grande grupo de fãs da histórias de zumbis, os quais estarão caracterizados para a caminhada.

PARA PARTICIPAR

• Concentração: em frente ao Copacabana Palace (Copacabana)
• Horário Concentração: 14h
• Horário da caminhada: 15h
• Trajeto: praia, calçadão e vias paralelas até o Arpoador.

Para a fantasia, dica de filmes de zumbi

Filmes como os da série cinematográfica 'Resident Evil' são ótimas referências para criar uma fantasia. O zumbi-mor de todos os zumbis, Jason Voorhees da clássica série cinematográfica 'Sexta-feira 13', também é uma boa pedida. Porém zumbis mais lights e divertidos, como os mortos do filme de animação 'A Noiva Cadáver' (Corpse Bride) ou Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies), serão opções bem originais para a ocasião, assim como as próprias Skull Sugar. No entanto, quem tiver a fim de bancar um zumbi moderno e ainda do mal, pode optar pelos zumbis maratonistas de olhos vermelhos dos filmes britânicos Extermínio 1 e 2 ('28 Days Later' e '28 Weeks Later').

NOTA: O evento não é associado a(s) empresa(s), nem possui fins lucrativos.

(CLICK NO CONVITE PARA AMPLIAR)


Dúvidas, contatar com a organização do evento carioca:

Envie uma mensagem pela página: www.facebook.com/zombiewalkrj

Ou para o e-mail: zombiewalkrio@gmail.com

Mais informações: https://www.facebook.com/groups/zombiewalkrj

Texto: Anny Lucard

Nenhum comentário:

Postar um comentário