segunda-feira, 15 de abril de 2013

A Morte do Demônio


O filme 'A Morte do Demônio' de 2013 (Evil Dead), remake do original de mesmo nome - 'The Evil Dead - A Morte do Demônio' de 1981 - é tudo que o autor da história, que escreveu e dirigiu o filme original, Sam Raimi, queria fazer na época que o primeiro filme foi filmado e a tecnologia não permitia. Só que sem o Ash.


Usando todos os recursos disponíveis atualmente de maquiagem e ângulos de camera, o atual diretor, Fede Alvarez, evitou ao máximo efeitos digitais; em busca do espírito do terror à moda antiga, mas sem deixar de utilizar várias referências cinematográficas dos atuais filmes de gênero. O resultado é que conseguiu deixar o filme com cara de produção atual, mas sem perder o toque do adorado clássico do terror de Sam Raimi.


O diretor Fede Alvarez, também assina o roteiro junto com Rodo Sayagues. A ideia foi manter a história do filme original, mas somando alguns elementos que só aparecem no filme 2, também conhecido com a primeira tentativa de remake de terror que se tem notícia, o famoso terrir 'Uma Noite Alucinante' ou 'Evil Dead II'.


No entanto, mesmo que o roteiro do remake tenha referências de ambos os filmes, a história foi atualizada para os dias de hoje, o que funciona bem, especialmente ao tirar Ash; personagem dos filmes originais, que a produção do novo filme provavelmente percebeu que ninguém poderia tomar o lugar, imortalizado por Bruce Campbell (Também muito conhecido pelos fãs de série de TV de conteúdo sobrenatural, por seu trabalho nas séries ' Xena: A Princesa Guerreira' e 'Hércules', como o ladrão Autolycus. E quem curte séries de TV em geral, com certeza o conhece, o qual fez várias participações e personagens marcantes, como o Sam da série 'Burn Notice').


O filme ficou na medida para quem é fã do terror sanguinário, tanto atual como à moda antiga. Há várias referência marcantes da história original dos cinco amigos, que vão passar uma fim de semana numa cabana no meio do mato e encontram um estranho livro, mas apenas o que era relevante na trama e com o fator terror. Todos os elementos cômicos foram evitados, pois a ideia é assustar para valer. Porém o "arbusto tarado" faz uma participação especial de profunda importância. (Não resisti a piada infame, até porque a cena é ridiculamente cômica no original, além de desnecessária, e continua sendo no remake. Se queriam realmente causar terror com aquela cena grotesca, uma boa dica seria trocar a garota pega pelo "arbusto tarado" dessa vez, por um dos rapazes. Isso seria um verdadeiro terror!)


Além de novidades no roteiro do remake, para uma melhor introdução do novo quinteto de amigos na cabana no meio do mato, a história no geral é fiel a original; com uma dose de drama que serve para quebrar o estigma clássico do grupo de jovens idiotas, que vão para um local afastado, em busca de sacanagem e acabam atacados por algum maluco sanguinário ser sobrenatural do mal, ou algo do tipo... Mas só um pouquinho, afinal a graça dos bons filmes de terror, é o fato deles (os amigos no mato) serem idiotas e sempre se meterem nas fatais roubadas.

Para quem não tem costume de ver créditos finais, uma dica, o filme tem uma surpresa que vale a pena ficar até o fim. Tanto em audio como em video. Um presente para os fãs e uma explicação extra para quem não conhece Sam Raimi e sua história.

'A Morte do Demônio' estreou nos Estados Unidos e teve uma boa abertura de bilheteria. Aqui no Brasil, o filme tem estreia marcada nos cinemas brasileiros para o dia 19 de abril. Uma ótima pedida tantos para quem é fã da história original, como para quem curte um bom terror sanguinário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário