sexta-feira, 27 de outubro de 2017

#ResenhaSobrenatural - #PeterPan


'Peter Pan' é uma história que foi escrita pelo britânico J.M. Barrie em forma de peça, mas assim como as peças de Shakespeare, ganhou uma publicação literária.

Com mais de 100 anos, a história do garoto que não queria crescer, ainda encanta a cada nova geração.

A narrativa mostras a incrível aventura da família Darling, composta pelo Senhor e pela Senhora Darling e seus 3 filhos, Wendy, a filha mais velha, e seus irmãos John e Michael.

Os Darling vivem na cidade de Londres, Inglaterra, bem no Era Vitoriana, e possuem uma curiosa babá, Naná, cão da família.

Certa noite, Peter e a fada Sininho aparecem no quarto dos filhos dos Darling e o garoto convence os 3 irmãos de irem com eles para a Terra do Nunca. Lá o trio é apresentado aos Garotos Perdidos, além das sereias e até uma tribo indígena.

Na Terra do Nunca também existe um grupo de malvados piratas que são chefiados pelo temido Capitão Gancho.

Em 'Peter Pan' Wendy, João e Miguel vão se deparar com inúmeros problemas, especialmente por causa dos piratas do navio Jolly Roger e de seu capitão. No entanto, ainda é uma história mágica e também repleta de boas mensagens, ou mesmo alertas.

Seja para inspirar ou mesmo dar lições a história sobre Pan e seu mundo mágico é envolvente e também cativa, por conta de seus personagens sobrenaturais, inesquecíveis. Além de instigar o pensando crítico com as analogias a realidade humana.

Em relação aos personagens, difícil não se encantar ou esquecer. E não falo só do personagem título ou da família Darling, mas da fada Sininho, dos Garotos Perdidos, da índia Tigrinha, dos piratas do Jolly Roger e do Capitão Gancho.

Com histórias pessoais bem construídas, temos Sininho e as fadas, as quais nascem com o primeiro riso de um bebê e que por serem tão pequenas só podem senti uma coisa de cada vez. Resumindo, se são boas, serão por inteiras, logo se forem más, serão muito do mal.

Os garotos perdidos são personagens secundários, mas não de menor importância e possuem identidade própria.

Já um dos personagens mais queridos da peça de J.M. Barrie, é o Capitão Gancho. Que é o antagonista e que "tecnicamente" é o vilão. Só que, para a época, foi um dos primeiros vilões retratado como um(a) mocinho(a), mostrado como pessoa bela e educada, o que criou uma relação de amor e ódio por ele. E isso fica ainda mais evidente ao se perceber que a famosa rivalidade entre Gancho e Pan se sustenta, porque o pirata defende a boa educação e o garoto é o exemplo de maus modos. Resumindo, Peter Pan seria o Bart Simpson de hoje. (Capitão América entendeu a referência?!)

Vale destaque para Wendy e sua mãe. Enquanto a Sra Darling é uma mulher encantadora, uma mãe atenciosa que cuida de seus filhos com todo o carinho e atenção que uma criança precisa;  criando inclusive um grande contraste em relação ao marido (um típico homem da época - que infelizmente ainda é maioria mais de 100 depois -, ou seja, insensível e egocêntrico). Wendy já é um exemplo de garota que amadurece antes que de um garoto de mesma idade (sendo que alguns infelizmente nunca deixam a Terra do Nunca). Por isso, a filha mais velha dos Darling é mostrada com um instinto materno já desenvolvido (o que não é espanto, já que era basicamente a única opção da mulher no período em que o livro foi escrito).

Importante dizer que mesmo com diversas montagens para o teatro, adaptações para tv e cinema, 'Peter Pan' só ganhou uma adaptação fiel e memorável, além da animação feita pela Disney, na época de seu centenário. O filme 'Peter Pan' de 2003 foi na época uma marco tecnológico, que apesar do desenvolvimento da tecnologia no cinema de hoje, ainda é insuperável.

Como 'Peter Pan' é uma história que encantou gerações e ainda encantará muitas outras, também teve publicações várias, com inúmeras edições e traduções ao redor do mundo. A nova edição lançada no Brasil de 'Peter Pan" de J. M. Barrie, é uma publicação da Editora Zahar, tem 224 páginas e com versão eBook no Amazon. Super recomendada como leitura fantástica sobrenatural de qualidade, assim como assistir a animação da Disney e o filme mencionado.

Leia+: #ResenhaSobrenatural
Leia também: DICAS SOBRENATURAIS



Nenhum comentário:

Postar um comentário