Literatura Fantástica nas ondas do rádio

terça-feira, 28 de maio de 2019

#Godzilla II: Rei dos Monstros


O filme 'Godzilla II: Rei dos Monstros' (Godzilla: King of the Monsters, 2019) é dirigido por Michael Dougherty, com o roteiro escrito pelo diretor junto com o roteirista com Zach Shields.

A trama dá continuidade aos acontecimentos do primeiro filme,somando a história inspirada no personagem Godzilla a outras criações da companhia Toho, como Mothra, King Ghidorah e Rodan. Além da sequência de 'Godzilla' também criar um link com o filme 'Kong: A Ilha da Caveira'.

Com referências a Godzilla de diversas produções, das clássicas japonesas até o desenho da Hanna-Barbera, o filme tem um visual sombrio e desolador, com uma fotografia carregada nos tons de cinza e efeitos digitais de última geração. Porém o que se destaca é a trilha sonora, não só em relação a cada sinistro som produzido pelas criaturas e a trilha musical divina, mas pela importância que o som tem na história.

A produção mescla o cinema fantástico de ação ocidental, com um gênero muito popular no oriente, o tokusatsu do tipo com monstros kaiju.

Estrelado por Vera Farmiga, como Emma, e Kyle Chandler, como Mark, 'Godzilla II: Rei dos Monstros' conta a história de uma família devastada pela aparição de Godzilla que junto com a filha Maddie, interpretada por Millie Bobby Brown, tenta se recuperar da perda o filho e irmão, que morre durante os acontecimentos envolvendo o gigantesco monstro.

Após todo o ocorrido, o mundo precisa lidar com o fato que monstros gigantescos são reais e é a agência Monarch que fica responsável em encontrar e guardar Godzilla. Assim como a outros gigantescos monstros ainda adormecidos, entre os quais estão os poderosos Mothra, King Ghidorah e Rodan que muitos pensavam, até então, serem apenas seres fantásticos de mitologias diversas. Criaturas gigantescas como Titãs com dons sobrenaturais.

'Godzilla II: Rei dos Monstros' chega aos cinemas brasileiros no dia 30 de maio em versão em 2D e 3D, inclusice IMAX, e por conta do trabalho com o som é interessante ver o filme em uma sala de cinema do tipo XPlus. Assim como em sala tipo 4DX por conta da alta dose de ação. Com distribuição da Warner Bros. Pictures, o filme terá cópias legendadas e dubladas em português.


Leia+: #CinemaSobrenatural
Leia também: CONTOS SOBRENATURAIS NA CABINE



Nenhum comentário:

Postar um comentário