sexta-feira, 28 de abril de 2017

Dragão de Gaia


O livro 'Dragão de Gaia' é o mais novo romance do contista, romancista e roteirista Joe de Lima, autor dos livros 'Arcanista' e 'Armamentista', da Trilogia Vera Cruz.

Como nos livros anteriores, 'Dragão de Gaia' promete manter uma linha de ficção científica com uma pitada de conteúdo sobrenatural, sendo esse resultado da mescla do puro scifi com a fantasia, criando um tipo de história de ficção especulativa um pouco mais realista que o normal, que a torna interessante e muito intrigante.

A trama contém elementos da pura ficção científica, que está na civilização descrita pelo autor, a qual vive além de um planeta, em uma moderna cidade em uma funcional Estação Estrelar chamada Sagan, a qual é descrita de forma tão realista, que é fácil se colocar no lugar de personagens como Ayla, que não possui um cotidiano tão diferente de alguns profissionais da nossa realidade aqui na Terra.

Se a boa sacada do autor é relatar uma história de ficção científica de forma realista, pois adaptou bem a realidade vivida hoje na Terra para um ambiente especial em sua ficcional história. A parte genial foi incluir seres mitológicos, tipos grifos e dragões, como animais reais, só que de outro planeta. Além de alguns também sofrerem com perigos comuns aos animais terrestres, como o perigo de extinção.

A ideia do sobrenatural fantástico ser apenas uma tecnologia ou um conhecimento que ainda não foi explicado, remete o leitor a famosa teoria de 'Eram os deuses astronautas?' e falo do livro original, escrito por Erich von Däniken em 1968, onde a principal ideia é que sendo os humanos seres ainda muito primitivos e de conhecimento limitado, ao entrarem em contato com seres mais evoluídos, capazes de viagens espaciais, a única forma deles explicarem tão fantástica tecnologia, era afirmando que esses seres alienígenas eram algum tipo de divindade. Então junto aos dragões estará naves espaciais das mais variadas.

Já o trabalho de Ayla e sua família junto a animais que na Terra fariam parte da mitologia por seu aspecto fantástico, é semelhantes aos dos biólogos, daqueles aventureiros que vão aos mais remotos lugares para salvar animais em perigo, especialmente, os de extinção.

Vale dizer que 'Dragão de Gaia' é uma história solo, de 215 páginas, que se passa no mesmo universo ficcional dos livros da Trilogia Vera Cruz, não sendo nem continuação, nem prequel, pode ser lida sem ter lido os livros anteriores do autor.

Saiba+:
Blog do Joe de Lima
http://desatinosporescrito.blogspot.com.br

Outras dicas de livros, leia+: RESENHAS SOBRENATURAIS
Leia também: DICA DE LIVROS SOBRENATURAIS


Nenhum comentário:

Postar um comentário