domingo, 21 de outubro de 2012

Anne Rice fala do HQ baseado em 'Entrevista com o Vampiro'


Em entrevista para o io9 (site de entretenimento, ciências e cultura), Anne Rice se sentiu a vontade para falar sobre alguns assuntos de interesse dos fãs e que poucos autores iriam comentar a essa altura da carreira.

A entrevistadora Kaila Hale-Stern revela grande admiração por Anne Rice e se sentiu a vontade em fazer algumas perguntas que muitos fãs já pensaram em fazer, ou já fizeram ou que provavelmente não tiveram coragem de perguntar quando a chance surgiu.

Durante a entrevista o assunto principal foi a recente divulgação do HQ baseado no livro 'Entrevista com o Vampiro'. Baseado, pois a graphic novel, que leva o título de 'Interview With The Vampire: Claudia's Story' (Entrevista com o Vampiro: A história de Claudia), contará a história de Lestat, junto de Louis e Claudia, durante o tempo que viveu em Nova Orleans.

Anne Rice respondeu todas as perguntas em uma conversa franca que rendeu papo e pergunta a entrevistadora e aos 71 anos, com uma carreira de sucesso (cerca de 100 milhões de livros vendidos), a autora conquistou o direito de falar o que quer, quando quer e para quem quer.

A entrevista começa com perguntas sobre o HQ que terá o foco na história de Cláudia, logo não é uma adaptação, mas uma história solo, inspirada no primeiro livro das 'Crônicas Vampirescas'. Levando a história de Lestat e dos outros seres sobrenaturais de Anne Rice, ao mundo da multiplataforma.

Anne Rice, sempre generosa a quem merece, não escreveu a história, preferindo liberar os direitos para Yen Press, especializados em grafic novel e mangas.

Depois de tantas experiências ruins, Anne Rice encontrou quem levou suas crianças da noite a sério e fez um trabalho competente, para sua alegria e a dos fãs. Trabalho que foi muito elogiado pela autora, a qual ficou entusiasmada com os resultados, comentando que o achou muito bonito.

Quando a entrevistadora da io9 perguntou sobre escolher a história de Claudia, ela revelou que foi a Yen Press que sugeriu fazer o quadrinho baseado no ponto de vista da pequena vampira. "Eles queriam fazê-lo a partir do ponto de vista de Claudia, e eu pensei que isso era ótimo."

Sobre a participação de Anne Rice no roteiro da grafic novel, ela revelou que não escreveu nem notas, que ao liberar os direitos para algum tipo de adaptação de suas histórias, ela fica de fora. A exceção foi o filme 'Entrevista com o Vampiro', onde a autora se envolveu com o trabalho de roteiro.

Quando questionada sobre a ideia de ter suas histórias em graphic novel, Anne Rice surpreendeu, revelando que ama quadrinhos. "Desejo que todos os meus trabalhos virem HQs." A autora ficou empolgadíssima com a ideia de seus personagens serem muito mais do que normalmente são e comentou sobre já terem feito adaptações anteriores de algumas de suas histórias ('Entrevista com o Vampiro' e 'O Vampiro Lestat'), mas ela lembra com pesar que um dos envolvidos com os HQs, se gabou de não ter lido os livros para fazer o trabalho. A autora não comenta maiores detalhes, mas é claro que deve ter deixado muito a desejar.

Durante a entrevista também foi perguntado o que a autora acha da "febre vampiresca" e ela confessa está intrigada. E quando a entrevistadora comenta o fato de muitos novos autores estarem no mercado editorial escrevendo sobre vampiros, atualmente, graças a influência das 'Crônicas Vampirescas', Anne Rice se sentiu feliz em saber. Porém, com a natureza de mestra que tem, fala que os vampiros são um conceito maravilhoso e rico, que cada um cria um universo próprio. "Eu acho que nós teremos vampiros por um longo tempo, tipo como o ocidental e o romance policial. Vai ser apenas uma espécie de uma história sem fim."

E já que o assunto foi para o lado de termos escritores de vampiros que sempre traram o novo se inspirando ou não nos já consagrados, foi inevitável a entrevistadora não pergunta sobre o fato do filho de Anne Rice, Christopher Rice, ter se tornado escritor. Porém Anne Rice revela que nunca o estimulo e fala que foi pega de surpresa. "Quando escreveu seu primeiro romance. Eu não sabia que ele estava trabalhando nele, e então ele saiu do quarto com o livro em suas mãos, e nós ficamos impressionados."

Ter o filho seguindo seus passos como romancista foi uma notícia feliz para a autora. Porém, antes que os fãs achem que ele também escreve histórias de horror, Christopher Rice é um autor de thillers e com foco num público muito especial, o Queer.

Então a pergunta que, desde que o 'Entrevista com o Vampiro' foi lançado, não quer calar. Afinal, Louis e Lestat são um casal? Porque quem viu a adaptação do filme 'Entrevista com o Vampiro' percebe que a ideia é "jogada" ao público, já quem leu o livro percebe que a ideia vai aos poucos se esclarecendo. Agora com o HQ, todos querem saber da autora se Louis e Lestat são um casal e oficialmente os pais de Claudia.

A pergunta, um tanto delicada, feita pela entrevistadora causa risos em Anne Rice, que não hesitou em dizer "Claro! Eu nunca pensei nisso, eles foram os primeiros vampiros pais de mesmo sexo."

A autora confessa qua ao escrever a história de 'Entrevista com o Vampiro' não pensou a respeito. O que gerou uma nova pergunta, pois a entrevistadora parecia querer muito ouvir a resposta da boca de Anne Rice.

"Então eu posso dizer, eles são um casal de mesmo sexo com uma criança?" - a entrevistadora pergunta na busca de uma confirmação.
"Absolutamente! Claudia é filha deles" - afirmou a autora.



A entrevista é longa, mas foi interessante ler o incentivo da autora para os aspirantes a escritores, eu ouvir Anne Rice fazer o mesmo na Bienal do Livro de 2011 e não foi surpresa vê-la repetir o ato de generosidade na entrevista. Quando questionada sobre um conselho, a autora fala que mesmo que seja um tanto repetitivo, ela acha que o escritor deve "ir onde a dor está, ir onde o prazer está e não pode ter medo. Tem que escrever o livro que não encontra na livraria, o livro que você realmente deseja ler. Escrever um livro que você mesmo gostaria de ler, um livro [aventura] que você quer viver, que está dentro de seu ser."

Também faz uma crítica a aqueles que tem o mau hábido de criticar de forma a desencorajar qualquer escritor que nunca escreveu, dizendo coisas do tipo: "Quem precisa de outro romance. O que faz você pensar que pode escrever mais sobre isso?" Para os que já ouviram e ainda ouvem tais tipos de pessoas, ela fala que deve simplesmente ignorá-lo. "O mundo sempre está com fome de uma nova forma de olhar para alguma coisa. Ninguém poderia prever que 'Entrevista com o Vampiro' seria um sucesso. Ninguém poderia prever que 'Harry Potter' seria um sucesso." Anne Rice ainda diz que sempre haverá críticos, pessoas que vão dizer-lhe para desistir são muitas e essas devem ser ignoradas. "Você tem que ignorar os críticos. Os críticos são um centavo de uma dúzia. Escritores são únicos."

Depois das belas palavras, não dá para continuar, como comentei a entrevista é longa. Quem quiser ler na integra a estrevista, em inglês, no site io9.com segue o link: Interview with Anne Rice

Veja também uma amostra do HQ disponibilizado no site clicando AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário