quarta-feira, 6 de julho de 2016

#Ghostbusters - Sobre o novo time de 'Caça Fantasmas'


Faltando pouco mais de uma semana para a estreia do novo filme de 'Caça-Fantasmas' (Ghostbusters), a Sony Pictures brasileira aproveitou para divulgar a imprensa do Brasil, maiores informações sobre a produção e personagens.

Estrelado pelo quarteto de atrizes e comediantes Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon e Leslie Jones, 'Caça-Fantasmas' tem como foco as desventuras do quarteto de Condutoras de Testes Metafísicos em Nova York. Começa agora um pouco de cada uma das personagens.

ABBY YATES


É apaixonada pelas ciências paranormais e em geral.

O papel é interpretado por Melissa McCarthy, que volta a trabalhar com o diretor Paul Feig (pela quarta vez).

"Abby sempre acreditou em fantasmas", diz McCarthy. "Não importa se as pessoas tiram sarro dela, porque sempre fizeram isso. Não importa se ninguém mais acredita. Não importa que as pessoas pensem que ela é louca. Ela sempre acreditou no sobrenatural. Eu adoro como ela se manteve no curso, a despeito de tudo mais."

Em seu roteiro, Dippold e Feig criaram uma amizade entre Abby e Erin, que é interpretada por Kristen Wiig. "As nossas personagens eram amigas durante todo o ensino médio - eram duas garotas excêntricas que acreditavam em fantasmas e no sobrenatural", diz McCarthy. "Mas se afastaram depois de uma briga, porque Erin não queria viver se defendendo, então, ela seguiu por um caminho mais acadêmico. Agora, no filme, elas voltam a se encontrar. É um pouco difícil no início, mas a gente percebe que elas têm um histórico. E isso é fácil de retratar com a Kristen, porque eu a conheço há muito tempo, e ela é uma das pessoas mais maravilhosas que eu conheço."

Essa química se estende a todo o quarteto, segundo McCarthy. "Kate McKinnon é extraordinária. Ela é realmente aquele tipo de cientista louca a que eu simplesmente adoro assistir. E dizer que eu adoro Leslie Jones é um eufemismo... Ela é realmente brilhante, e ninguém mais na Terra poderia fazer o que ela fez com a Patty."

Acerca da reunião desse quarteto, ela diz: "Parecia a coisa certa. A primeira vez que todas nós quatro fizemos uma cena juntas tudo fez sentido. Foi muito, muito divertido."

Um dos momentos mais memoráveis para McCarthy foi experimentar a mochila de prótons pela primeira vez. Não há nenhuma magia do cinema aqui, McCarthy diz que o adereço é tão pesado quanto parece. "Especialmente para o que temos que fazer com elas. A gente mergulha, a gente corre e a gente luta. Cada vez que somos atingidas por uma explosão e caímos de costas, há metais afiados e pesados", diz McCarthy. "Por outro lado, eu odeio quando você percebe que alguém está correndo com algo leve, por isso, estou feliz que não seja isso o que acontece neste filme. Parece que nós estamos fazendo um grande esforço, porque estamos."

Em 'Caça-Fantasmas' McCarthy fez muitas das suas próprias cenas de ação. "Eu amo todas essas cenas de ação", diz ela. "Eu peço para ser atirada contra as coisas. Eu tento fazer tudo o que eles me deixam fazer. E, então, de vez em quando, o Paul tinha que dizer: Não, você não vai fazer isso. Você não vai despencar num carro de uma altura de 8m. E quando ele fala isso, eu penso: É, faz sentido, mas eu me ouço dizendo, Ora, por que não? E o Paul dizia: Você é louca! E ia embora."

Uma das acrobacias que McCarthy foi capaz de realizar sozinha foi o “crowdsurfing” (“dar um mosh”) num show de rock. "Eu nunca tinha feito aquilo antes", diz ela. McCarthy observa que cenas de ação muitas vezes envolvem montagens complicadas ou cabos, e ela perguntou ao coordenador de dublês, Walter Garcia, qual era a melhor maneira de executar um “stage dive”. Ele disse: A melhor maneira de dar um mosh é você correr até a frente do palco e mergulhar. Claro. Vamos nessa. Na primeira tomada, eu fiquei um pouco hesitante, mas depois que eu fiz, eu sabia que estava em boas mãos. Claro, eu sabia que havia dez dublês lá, esperando para me pegar, então, eu não tenho muita certeza se vou tentar isso na vida real, mas foi algo absurdamente divertido."

ERIN GILBERT


Acreditava em fantasmas quando era criança, mas à medida que sua carreira como física crescia, ela percebeu que seu fascínio com os estudos paranormais a estava prejudicando e minando a sua credibilidade. Ela está determinada a deixar a sua antiga vida para trás e forjar uma nova carreira, como uma legítima cientista... Até que seu passado volta para assombrá-la.

O papel é interpretado por Kristen Wiig. "Erin cresceu acreditando em fantasmas, ela realmente viu um fantasma quando era criança, e ninguém acreditou nela, exceto Abby. Isso realmente a assustou. Ela queria viver uma vida onde não fosse a garota estranha, então, ela deixou o mundo paranormal para trás e entrou para o meio acadêmico, tornando-se professora da Columbia University. Obviamente, ela encontra Abby de novo e conhece Holtzmann e Patty. Como se verá, essas quatro desajustadas se encontram umas nas outras. Eu amo esse tipo de história."

Como McCarthy, Wiig adorou a oportunidade de fazer cenas de ação no filme. "Foi diferente de tudo que já fiz antes. Mal podíamos esperar para começar os ensaios das cenas de ação."

Wiig ficou igualmente empolgada com a química entre as quatro Caça-Fantasmas. "É sempre uma ótima experiência quando você consegue encontrar aquele projeto certo para trabalhar com seus amigos e as pessoas que você ama", diz ela.

"Eu conheço Melissa há muitos e muitos anos, nós já nos conhecíamos há quase 10 anos antes de 'Missão Madrinha de Casamento'. É muito divertido trabalhar com ela, e nós rimos o tempo todo, por isso foi tão bom estarmos juntas novamente. A Leslie me faz gargalhar com tudo o que ela faz, toda vez que a Leslie dizia alguma coisa, eu começa a gargalhar. É uma personagem muito engraçada, mas eu nem sequer tenho palavras para o que ela faz com cada fala. ela é tão específica, e tudo vem diretamente dela. E a Kate... Kate é a melhor. Eu a acho tão interessante. Ela é tão corajosa! Se arrisca em todas as cenas. Ela faz o inesperado, e é sempre engraçado. Eu amo vê-la."

JILLIAN HOLTZMANN


Sempre foi diferente. Ela pensa fora da caixa, não segue as normas sociais e gosta de montar e inventar coisas. Ela não julga os outros, mas curte implicar com pessoas tensas, especialmente a Erin.

A revelação do SNL, Kate McKinnon, interpreta a engenheira. "Eu amei a ideia de interpretar uma cientista", diz ela. "Eu gosto de interpretar uma personagem feminina que não gira em torno de um romance, o que é raro em um filme. Estou tão feliz por ter tido essa oportunidade."

"A Holtzmann é um gênio", diz McKinnon, descrevendo sua personagem. "Holtzmann é a geek de tecnologia da história, que normalmente é a maior geek dos geeks. Ela é responsável por aperfeiçoar os equipamentos que lhes permitirão cumprir essa missão. Ela é uma criatura essencial. Ela é bizarra. Ela é esquisita. Ela é cheia de alegria. Ela sou eu. Sim, esta é a personagem mais próxima da minha personalidade real que eu já interpretei, se isso explica qualquer coisa."

"Kate foi a primeira pessoa que eu escalei na minha cabeça", diz Feig. "Tínhamos esse papel da Holtzmann, uma personagem realmente maluca e estranha, e se você conhece a Kate, ela é adorável, mas ela é uma pessoa estranha e maluca da maneira mais maravilhosa. Nós começamos a escalação, perguntando: Quem poderia brilhar nesse papel? A Kate tem brilhado no SNL, mas não em um filme ainda. Há algo nela que é carismático. Ela é uma estrela de cinema. Parecia que o papel poderia ser uma grande vitrine, por isso, foi uma decisão muito fácil."

"Holtzmann é uma cientista na acepção da palavra, ela é uma fera com porcas e parafusos", explica Feig. "Eu nem sei se a Holtzmann tem paixão por fantasmas, mas ela tem paixão por descobrir como interagir cientificamente com fantasmas, como capturá-los e como usar sua habilidade de interagir com eles. Ela entende tudo de hardware, e uma vez que ela começa a aperfeiçoar seu hardware, sua mochila de prótons, seus synchrotrons e tudo isso; ela realmente começa a enlouquecer. Eu sou um grande nerd de equipamentos, por isso, foi muito divertido inventar tantas novas armas tão legais e ter a personagem da Kate fazendo tudo isso."

PATTY TOLAN


Nasceu e cresceu em Nova York. Ela sempre amou ler, especialmente não ficção e sobre a história de Nova York, e também descobrir coisas novas, incluindo estudos paranormais. Então, ela é quase uma historiadora amadora de NY com tanto conhecimento quanto qualquer uma das outras três. Depois que vê um fantasma durante o trabalho, ela não só sabe quem vai chamar, mas também se junta à equipe para ajudar o grupo com seus conhecimentos.

Leslie Jones, outra estrela do SNL que tem se destacado nas duas últimas temporadas, assume o papel. "Eu estou nesse ramo há tempo suficiente para não acreditar em nada até que você realmente veja isso acontecer", brinca Jones. "Então, quando falavam em 'Caça-Fantasmas', eu pensava: Isso não vai rolar. Então, quando ouvi que o Paul poderia me querer no filme, eu fiquei, tipo: Isso realmente não vai rolar. Ele vai escalar Queen Latifah. E aí, eu recebi um telefonema, dizendo que o Paul queria se encontrar comigo, e eu me encontrei com ele no mesmo dia em que anunciaram que eu iria integrar o elenco de SNL. E mesmo quando eu estava sentada lá reunião com Paul, tudo o que eu pensava era: Ele vai ver quem eu realmente sou, e ele não vai me colocar nesse filme. Mas ele disse: É isso o que eu quero. Eu quero você. Ainda parece um sonho. Fico pensando que vou acordar no meu apartamento em Santa Clarita, onde eu estava antes de tudo acontecer, e eu vou acordar e dizer: Fala sério! Que sonho maravilhoso!"

Acerca da sua personagem, Jones afirma: "Eu realmente queria criar algo que fosse realista. Se eu ia ser a pessoa que não era uma cientista nessa situação, então, eu iria ser os olhos do público. Eu trago o público para essa situação como uma pessoa normal, e a gente acompanha tudo juntos. Eles vão falar sobre ectoplasma, correntes, fantasmas e portais, e alguém tem que ser aquela pessoa que vai perguntar: O que é um portal? Onde ele vai dar? Por quê?' Patty traz a normalidade. Ela lê um monte de livros, ela sabe tudo sobre Nova York, é uma esponja para fatos e mantém sua mente aberta. Era importante para mim e para o Paul que a Patty seja aquela pessoa que diz o que os espectadores vão dizer no cinema."

Como McCarthy, Jones também teve a chance de realizar seu próprio salto do palco sobre a plateia. "Foi tão divertido", diz ela. "O que foi impressionante é que o Paul realizou essa façanha antes de mim, nós estávamos totalmente dispostas a fazer aquilo, só um pouco nervosas por saltar sobre os colchões. Paul disse: Eu não vou deixar vocês fazerem algo que eu não faria. E, de repente, de terno e tudo, ele mergulha no acolchoado. Eu pensei: Se esse homem pode fazer isso de terno, eu posso fazer isso. E foi muito divertido! Eu consegui no segundo take, mas eu queria fazer mais algumas vezes. E aquela multidão foi demais. Ficaram na maior energia o tempo todo, gritando: Caça-Fantasmas! Caça-Fantasmas! Caça-Fantasmas! E eu ficava pensando: Isso está acontecendo de verdade."

'Caça-Fantasmas' estreia no Brasil na próxima semana, dia 14 de julho, um dia antes da estreia mundial nos Estados Unidos.

Leia+: #Ghostbusters

Leia também: CINEMA SOBRENATURAL

Curta a página de Caça-Fantasmas Brasil no Facebook:
https://www.facebook.com/CacaFantasmas

Redes Sociais da Sony Pictures Brasil:
Facebook
https://www.facebook.com/SonyPicturesBrasil
Twitter
http://twitter.com/sonypicturesbr
Instagram
http://instagram.com/sonypicturesbr
G+
https://plus.google.com/115623383281152016964
YouTube
https://www.youtube.com/user/SonypicturesBrasil

Fonte: Sony

Nenhum comentário:

Postar um comentário