terça-feira, 14 de agosto de 2012

Papo fantástico com autores sobrenaturais na Bienal do Livro SP 2012

No fim de semana em São Paulo, com o Dia do Vampiro completando 10 anos de Campanha, o clima vampiresco invadiu a Bienal do Livro SP 2012. Por isso, no domingo, dia 12 de agosto, aconteceu um fantástico e vampiresco papo com André Vianco, Giulia Moon, Martha Argel, Sarah Bakley-Cartwright e Santiago Nazarian.

O assunto não foi outro, literatura fantástica e a paixão por lê-la e escrevê-la. E eles falaram de Vampiros, é claro, mas também de Lobisomens no espaço 'Você + Quem!'. O tema era amplo e muito a ser dito, então perguntas gerais foram feitas e em alguns casos aconteceu um revesamento nas perguntas, assim como eventualmente um autor completava a linha de pensamento do outro.

Pelo perfil oficial da bienal paulista, foi fácil acompanhar em tempo real o que estava acontecendo.

Sobre o ato de escrever e o motivo pela escolha da literatura fantástica:

"Na hora que você está criando um mundo novo, você tem que estar ligado nos detalhes." - Giulia Moon
"Na literatura fantástica, ninguém consegue escrever se não fizer porque gosta." - Giulia Moon

"Só começo a escrever uma história quando tenho algo diferente pra contar." - André Vianco
"Estamos competindo com Facebook, Twitter, blog. É difícil ser escritor atualmente." - André Vianco

"Escrevo o que quero escrever. Quero que meus leitores me sigam porque eu tenho algo a falar." - Sarah Bakley-Cartwright

"Meu objetivo sempre foi despertar a leitura nas pessoas ou que se inspirassem em atitudes das personagens." - Martha Argel

Os autores também falaram sobre a atual literatura.

"Tudo está mudando. A música está mudando. Os modelos pra arte devem ser mudados." - Sarah Bakley-Cartwright
"Tem muito espaço para boas inovações na literatura." - Sarah Bakley-Cartwright

"Você acha que não gosta de ler porque não achou a coisa certa. Ninguém precisa gostar de Machado de Assis." - Santiago Nazarian

E, claro, a pergunta que nunca irá calar surge na conversa. O que acham da Saga Crepúsculo?

"O que é bom pra mim não é bom pra você. A Stephenie Meyer escreve muito bem, mas não gosto." - André Vianco

"A saga do Crepúsculo abriu os olhos pras outras estórias de vampiros. Foi bom pra gente também." - Giulia Moon

Algumas referências de autores dadas por Martha Argel:
"Monteiro Lobato, Júlio Verne e Agatha Christie."

Referência de autor dada por Sarah Bakley-Cartwright:
"Grande mestre o escritor russo Anton Tchekhov."

Os autores favoritos de Giulia Moon e os mais influentes em seus textos:
"Ray Bradbury, Anne Rice e Neil Gaiman."

E Giulia Moon é a prova que nunca é tarde para decidir ser um escritor:
"Comecei a escrever depois dos 40 e foi por causa da Anne Rice." - Giulia Moon


DICA DE LIVROS AOS LEITORES:

Martha Argel recomenda 'Mundo Assombrado pelos Demônios' de Carl Sagan e 'Entrevista com o Vampiro de Anne Rice.

A indicação do André Vianco é o livro 'Não Verás País Nenhum' de Ignácio de Loyola Brandão.

Sarah Bakley-Cartwright indica 'Weetzie Bat' da Francesca Lia Block.

Já Santiago Nazarian recomenda 'Drácula' de Bram Stoker e 'O Retrato de Dorian Gray' do irlandês Oscar Wilde.

Giulia Moon indica todos os livros da Anne Rice, especialmente 'O Vampiro Lestat'.


DICA PARA OS NOVOS AUTORES:

"É importante escrever o que você quer, quando você quer." - Sarah Bakley-Cartwright

"Não precisa ter pressa pra publicar. Até porque esse processo demora muito." - Santiago Nazarian

"Reescreva, reescreva, reescreva! Seja crítico, escolha palavras melhores, jeitos melhores de contar." - Martha Argel
"Escrever depende de MUITA leitura e MUITA escrita." - Martha Argel

"Leia de tudo, não só do gênero que você escreve. Meus maiores mestres não escreviam terror." - André Vianco
"Escreva com vontade. E na certeza de que o que você escreve tem algo de diferente. Senta a bunda na cadeira e escreve." - André Vianco

"Não queira ser igual aos outros, mas você tem que saber o que está sendo feito dentro do gênero que escreve." - Giulia Moon
"Não deixe na mão dos outros o domínio do que você escreve. Domine o português. Passe a ideia do jeito que você quer." - Giulia Moon
"Um bom escritor tem que ler muito. O que estão publicando no mundo, estilos diferentes de literatura." - Giulia Moon

Sobre criação de personagens:
"Sem pesquisa você não cria uma verosimilhança pro leitor, aquilo que ele não esperava." - Martha Argel
"As pessoas têm que acreditar na realidade do mundo que você criou. Daí a necessidade da pesquisa." - Sarah Bakley-Cartwright
"Pesquisa é fundamental." - Giulia Moon


Fonte:
Twitter Oficial da Bienal do Livro de São Paulo.
@bienaldolivrosp

Nenhum comentário:

Postar um comentário